27 jan

De funcionário a empresário: Faça o desemprego virar uma oportunidade de negócio com franquia própria

 

De funcionário a empresário

Está desempregado e não sabe como investir a rescisão? Faça essa soma render e passe de funcionário à empresário com uma franquia própria. Neste modelo de negócio quase tudo já é predefinido, inclusive o investimento necessário para iniciar o negócio e estrutura de suporte ao franqueado.

No entanto, embora este seja um mercado em ascensão é preciso ter cuidado, pois o planejamento deve estar em primeiro lugar.

 

Suporte ao Franqueado

As redes franqueadoras oferecem toda uma estrutura de suporte para garantir que todos sigam seu modelo de negócio e, com isso, mantenham o sucesso da rede:

  • TREINAMENTO

Ao iniciar uma nova unidade, as franqueadoras, geralmente, oferecem treinamentos para passar o conhecimento de mercado da rede para toda a equipe. Este processo é o que mantém o sucesso do negócio.

  • MANUAIS DE GESTÃO

Os manuais de franquia são o conjunto de passos operacionais necessários para instruir o franqueado e sua equipe. É um dos meios de transferir o conhecimento da franqueadora à unidade franqueada e, dessa forma, padronizar o modelo de negócio da rede.

  • SELEÇÃO DO PONTO COMERCIAL

A escolha do ponto é um dos primeiros fatores a ser levado em conta para gerar bom resultado para a franquia. A localização da loja pode ser tanto na rua, shoppings ou até galerias e outros estabelecimentos. Depende do modelo do negócio e de que maneira ele dá mais visibilidade e se aproxima do público.

  • APOIO JURÍDICO E ADMINISTRATIVO

Ao fechar contrato com a rede, muitas vezes são oferecidos serviços jurídicos e administrativos, como apoio jurídico para o contrato social e formalidades legais para abertura da loja (registro na Junta Comercial, inscrição na Receita Federal, CNPJ, entre outros).

  • CONSULTORIA DE CAMPO

Periodicamente, a franqueadora oferece para todas as suas unidades um consultor de campo. Este serviço dá apoio ao franqueado para atualizar a operação da loja, orientando e capacitando a equipe nos aspectos operacionais e comerciais.

  • PROJETO ARQUITETÔNICO

Antes de iniciar a expansão, as franqueadoras contratam um arquiteto para montar um projeto padrão que servirá para todas as unidades da rede. O franqueado é responsável por adaptar este projeto ao seu ponto.

  • QUANTO DEVO INVESTIR NA FRANQUIA?

Além da identificação com o segmento, capacidade de investimento e empreendedorismo, é importante conhecer também as taxas inerentes a este sistema de negócio:

Taxa de franquia ou taxa de adesão ao sistema:  Trata-se de valor cobrado uma única vez no momento da assinatura do contrato de franquia;

Royalties:  é a principal fonte de receita do franqueador, cobrem despesas com assessoria para o franqueado; treinamentos durante a operação; atualização de manuais de operação do negócio; desenvolvimento e manutenção de intranet e portal do franqueado; convenções de franqueados; convenções de vendas;

Taxa de publicidade: É um percentual cobrado sobre o faturamento da unidade franqueada, que em sua grande maioria varia ente 2 e 5%. Já o fundo de publicidade é um valor orçado para determinada campanha e rateado entre a rede.

 

Loja Caverna do Dino

Loja Caverna do Dino

Como escolher a Franquia ideal?

Conhecer bem o seu perfil, habilidades e características é essencial para definir qual o melhor estilo de negócio

Antes de escolher a Franquia é importante analisar:

  • Afinidade com o Produto ou Serviço;
  • Capacidade financeira do franqueado;
  • Converse com quem já foi franqueado;
  • Informe-se sobre o histórico da franqueadora;
  • Empresas com o selo de excelência em Franchising representam maior credibilidade no mercado.

Conheça o Simulador de Franquias

posts relacionados

Deixe um comentário