04 fev

Entenda como funciona o Sistema de Franquia

Conheça as vantagens e seja dono do seu próprio negócio

O Sistema de Franquia é um modelo de negócio realizado entre duas partes: o franqueador (dono da marca) e o franqueado (investidor), em que o franqueador cede ao franqueado o direito de uso da marca, comercialização dos produtos, sistema de operação e gestão dentro de um formato já consolidado no mercado de atuação.

 

Segurança Jurídica

Um dos fatores que podem ser atribuídos ao sucesso deste modelo de negócio é a Lei de Franquias, que procura dar segurança ao sistema, garantindo a transparência nas negociações. Um dos instrumentos da lei é a COF – Circular de Oferta de Franquia, neste documento, muitas informações específicas sobre o funcionamento da franquia já devem ser informadas ao interessado, antes mesmo da assinatura do contrato.

 

Vantagens do Franqueado

As redes bem estruturadas se preocupam em reforçar sua marca em potenciais mercados com regras e estrutura próprias, por isso oferecem auxílio necessário durante o processo de instalação do franqueado. São fornecidos suporte de marketing, marca reconhecida, assessoria na escolha do ponto, além de uma legislação própria, que estabelece claramente as responsabilidades de cada parte.
Outra vantagem é a rapidez da expansão de franquias, o que aumenta as dificuldades dos concorrentes e o poder de compra da rede.

 

Por onde começar?

O primeiro passo antes de escolher a franquia é analisar se você tem o perfil para ser um franqueado e qual a área mais adequada. Depois, analise as empresas que se encaixam no seu perfil. Para começar a análise, solicite a COF e o Plano de Negócios. Se não souber como analisar estes documentos, procure um especialista.

 

Franqueado ideal

Alguns negócios exigem uma atuação maior do franqueado no balcão da loja, outros dependem mais do ponto e da gestão interna da operação para que as vendas aconteçam, mas nos dois casos, ter foco comercial é fundamental.
O perfil do franqueado ideal recai mais para o de um gestor do que para o de investidor. O empreendedor deve conhecer os conceitos de administração, como controle de receitas e de custos, e ter capacidade de expandir seu negócio sem comprometer o fluxo do caixa. A confiança na franqueadora e nas suas orientações técnicas e comerciais também são fundamentais para alavancar as vendas.

 

A escolha da Franqueadora ideal

Mais importante do que o aspecto financeiro, busque uma franquia que se encaixe ao seu perfil. Lembre-se que você terá que trabalhar e se não tiver as características e competências básicas, pode comprometer a performance do negócio.

• Busque mais informações sobre o dia a dia da operação e do segmento;
• Verifique se o franqueador está ligado à Associação Brasileira de Franchising – ABF
• Converse com os franqueados atuais;
• Busque franqueadores que demonstrem ser parceiros de seus franqueados e não chefes!
• Questione o franqueador sobre os números apresentados. Informações sobre o retorno do investimento, lucratividade e rentabilidade da operação precisam estar bem embasadas;
• Tenha certeza de que o capital disponível é suficiente para abrir o seu negócio. No início da operação, a sua franquia pode precisar de um oxigênio financeiro adicional. Esteja preparado.

Conheça o Simulador de Franquias

posts relacionados

Deixe um comentário